domingo, 8 de março de 2009

Mulher brasileira em primeiro lugar!



Neste Dia Internacional da Mulher, a realidade atual da mulher brasileira está mais para reflexão do que para comemoração. Pois, ainda são muitos os casos de violência e discriminação, que nos mostram o quanto ainda temos que avançar para chegarmos a verdadeira justiça social. Sabemos que a sociedade nos cobra mais, por enxergar apenas virtude em nossos atributos físicos, duvidando, muitas vezes, de nossa capacidade de decidir.
Não nego os avanços, mas apesar de sermos cientistas, artistas, administradoras, a sociedade ainda usa dois pesos e duas medidas na hora de mensurar nosso trabalho. O que reclamamos não são privilégios, mas, sim, igualdade nas oprtunidades e no reconhecimento de que somos parceiras e não concorrentes por um mundo melhor. Não queremos ser apenas coadjuvantes neste processo.
É nisto que acredito, ou seja, de que homens e mulheres partilham da mesma responsabilidade no desenvolvimento da humanidade, cujos sentimentos de amor solidário independem de gênero. Salve você, mulher brasileira!

4 comentários:

Isabel Cristina - Andaraí disse...

Por mais espaço que mereçamos, sempre teremos dificuldades, pois a sociedade é machista por execelência. Temos que nos unir, para mudar isto.

Anônimo disse...

Mulher compete com mulher. querida.
Maria Tavarez - Inhaúma

Sonia Farias de Almeida disse...

Talvez, o que nos falta é mais gente disposta como você a entrar na política, para lutar por nossos direitos.

Anônimo disse...

O problema é cultural. Concordo com vc quando afirma que a sociedade é essencialmente masculina. Mas, ainda vai demorar muito para conseguirmos nosso espaço. Tem que haver campanhas pra incentivar a participação família na política. Msmo nos partidos não nos dão espaço.

Luiza Queiroz - Méier