domingo, 22 de março de 2009

H2O

Apesar deste 22 de março ser dedicado ao Dia Mundial da Água, data esta que deveria ser de reflexão sobre como estamos tratando este recurso, o que se vê na realidade é o puro descompromisso para com a preservação. E a culpa é de todos; sociedade poder público. Pelo lado das autoridades, os investimentos ainda são feitos na idéia de que a água pura é inesgotável na natureza. Também ainda não há o compromisso pelo saneamento para a maioria das populações, pois não dá visibilidade para o "gestor público".
Por mais leis que criamos, no sentido do melhor uso da água, estas não são implementadas por pura omissão das autoridades em fazê-las ser cumpridas. Exemplos, temos muitos, mas cito uma que, com certeza, contribuiria em muito na economia de água. Trata-se da lei que obriga que novas construções tenham redes de captação de água da chuva, onde este produto poderia ser utilizado em trabalhos de limpeza, deixando a água tratada para uso no preparo de alimentos e pessoal.
Pelo lado da sociedade, ainda falta-nos cosncientização na hora em que abrimos as torneiras ou varremos as calçadas com esguicho das mangueiras. Realmente, neste Dia Mundial da Água o que menos se vê é o compromisso pela preservação. Aliás, todos nós só nos damos conta de sua importância quando há falta d'água. Que o despertar de nossa obrigação pela preservação da água não chegue tarde demais. Água é vida. Sem água não há vida.

2 comentários:

Renata Borges, moro no Flamengo disse...

Grande parte do desperdício de água é da própria Cedae, que não atende a população quando reclama dos vazamentos.

Luiza Helena Maraes, Engenho Novo disse...

Todos tem que participar para preservar a água. Mas, tudo é uma questão de educação das pessoas, já que muitas preferem o desperdício. No dia em que pesar no bolso, só assim que vão dá valor.