quarta-feira, 30 de julho de 2008

A polícia que queremos II


Tomo licença ao Gustavo de Almeida, do Blog da Segurança, de O Dia, para postar um desabafo de um policial militar, que corresponde a visão do outro lado, que poucos dão ouvidos. Nestes tempos de guerra civil, principalmente no Rio, é fundamental que a sociedade se digne a olhar para o seu umbigo e reflita sobre suas responsabilidades para a situação atual.

"Criticar o PM é muito fácil, afinal, a sociedade fluminense é perfeita moralmente, enquanto a PM carioca é a que mais mata, é corrupta e tem mil defeitos.A nossa sociedade é ética, não dá propina, não faz gato no relógio, não aceita gatonet, não tem filho drogado em casa.A Polícia é mal preparada, o policial não tem auto-controle em situações de crise, não sabe atirar nem quando atirar. Se o policial se originasse da sociedade carioca teríamos uma excelente Polícia.O policial é violento, é alcoólatra, é gordo, é aculturado, não provém de boa família e logo não tem boa formação. A sociedade é de paz, não usa drogas, dirige com prudência, não agride domésticas e nem maltrata prostitutas por preconceito.A sociedade não alimenta o tráfico nem atura que seus filhos das classes abastadas, principalmente que as lindas moças subam os morros e troquem seus corpos por sacolés de cocaína e pose para fotos com fuzis.Os jovens das classes abastadas não são brigões, isso é coisa de pobre e de policial. Os jovens da sociedade não 'tomam bala' nas festas rave, pois isso pode matá-los precocemente, e no mais, seus pais estão sempre atentos e por perto.A polícia e seus policiais não fazem parte da sociedade. São duas coisas totalmente distintas, as pessoas e os policiais.Já dizía Lendro Sapucahí: "o Judiciário está todo comprado, o Legislativo financiado e o pobre coitado que joga seu voto no lixo, não sei se por raiva ou só por capricho, coloca a culpa de tudo nos homens do camburão..."Culpar os caras de azul é mais fácil. são cães sarnentos. Já se acostumaram a apanhar. AFINAL, POLICIAIS SÃO FEITOS PARA MORRER, NEM QUE SEJA POR R$ 800 POR MÊS."

6 comentários:

gambling game lottery disse...

that's way too cool.

free lotto disse...

Thanks to the blog owner. What a blog! nice idea.

lotto sweepstakes disse...

Baw ah, kasagad sa imo maghimo blog. Nalingaw gd ko basa.

Armando Gerardo disse...

Essa é uma visão que deve ser levada em consideração. Não podemos nos esconder atrás de inverdades e culpar PM´s por toda a ineficiência. Eles são um espelho da sociedade, por serem, naturalmente, integrantes desta, logo, partes representativas deste extrato social.

Anônimo disse...

Gostaria de saber exatamente quando esse caos na seguranaça pública começou?Vivemos em uma sociedade com dois poderes.O poder de fato e de direito reconhecido pela nossa constituição e o poder paralelo imposto pelos traficantes das favelas e até mesmo no asfalto.Não adianta negar, o pder dos traficantes é muito forte.As pessoas que moram na periferia do Rio de Janeiro são obrigadas a conviver e aceitar as ordens covardes desses marginais.E o policial, onde fica?As pessoas tem medo de ficar perto de polícial,não se setem seguras, pois parece que a qualquer momento eles vão ser exterminados.Mesmo tendo esse sentimento, a sociedade existente dentro das comunidades da periferia, precisam de policiamento e de segurança, pois eles sabem que bandido é capaz de tudo para se dá bem.Então, como resolver essa situação?Na minha opnião é necessário equipar melhor nossos policiais, oferecer bons salários, treinamento físico constante e divulgar as boas ações da polícia.A maioria absoluta dos nossos policiais são pessoas de bem.Infelizmente, as notícias ruins permanece ficar mais tempo na memória das pessoas.
MAaristela

maristela disse...

apertei a tecla errada de novo.
Não sou anônima, sou a Maristela