quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Pré-sal, pré-incerteza.


Ainda sobre a determinação do governo em criar uma nova estatal para administrar as riquezas petrolíferas do pré-sal, desprestigiando a Petrobrás, é possível imaginar que tal projeto faz parte da estratégia de manutenção de poder pelo PT. Os recursos igualmente imensos ao volume de óleo do pré-sal, em mãos do governo, serviriam para financiar políticamente a permanência à frente dos destinos da nação. Se isto se concretizar, o País pode retroceder a uma era de incerteza, com um Estado forte e o cidadão enfraquecido. Um socialismo tupiniquim de conseqüências imprevisíveis.

Um comentário:

Rodrigo disse...

Já sei...suas ações estão derretendo...pois é as minhas também.....kkkkkkk