segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Grande Irmão


A notícia de que por menos de mil reais é possível comprar sigilos telefônicos de quem quer que seja é mais uma constatação de que vivemos num estado policial, onde a privacidade deixou de ser - há muito - um direito do cidadão. O que antes deveria ser meio jurídico de investigação e combate ao crime organizado, acabou se transformando em instrumento de fazer reféns. O descontrole é total e a bisbilhotice eletrônica está minando ainda mais as instituições. Se não reagirmos, corremos o risco de perder a democracia para os oportunistas e saudosistas do autoritarismo.

Um comentário:

celezthe disse...

Cristiane

Boa Tarde

Concordo que isso (compra de sigilo telefônico) é comparado como os vendedores de drogas que adicionam talco ou sal de frutas à cocaína, também é picaretagem e tem suas fraudes.
Que direitos nós temos, se é que temos diante disso tudo???
Afinal, teremos resposta plausível para isso?? Todo mundo grita, fala, etc.etc. e DAÌ ????
A Lei de Interceptações Telefônicas diz que a violação de sigilo é punida com a pena de dois a quatro anos de prisão.
Ninguém respeita mais a Constituição. Como é que vai ficar essa situação????
Temos que reagir com SERIEDADE, VERDADE, COMPROMISSO.

TODO MUNDO SE MANIFESTAR . È ISSO.

Fique com Deus
Celezthe